Low carb e diabetes: conheça os benefícios da dieta

Veja porque a dieta low carb é indicada na prevenção e no tratamento do diabetes e de doenças relacionadas.

Entre 2007 e 2017 o número de brasileiros diagnosticados com diabetes cresceu 61,8%, segundo a pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel). No total, 6,9% dos brasileiros vivem com a doença.

É comum que o desenvolvimento da doença esteja relacionado apenas com o consumo excessivo de açúcares, mas existe um conjunto de fatores que influencia no aparecimento (ou não) do diabetes — e nossos hábitos alimentares são determinantes.

A dieta low carb possui um papel importante no tratamento e na prevenção do diabetes. A redução do consumo de carboidratos em pacientes com diabetes melhora a sensibilidade à insulina, reduz a gordura abdominal e os triglicerídeos e aumenta o HDL (colesterol bom).

Veja também: O que é Low Carb? (dieta de baixa caloria)

O diabetes e seus tipos

O diabetes é uma doença crônica, conhecida por causar desequilíbrio dos níveis de açúcar no sangue. A doença se caracteriza pela incapacidade de produção da insulina — hormônio essencial para o controle do açúcar — ou por uma disfunção que não permite o uso adequado da substância pelo organismo.

O diabetes do tipo 1 consiste em uma má-formação imunológica genética que diminui a produção de insulina pelo pâncreas. A doença é diagnosticada principalmente durante a infância e a adolescência.
Já o diabetes do tipo 2 — também chamado de diabetes não insulinodependente ou diabetes do adulto — costuma estar relacionado a hábitos de vida que não são saudáveis, como o sedentarismo, consumo excessivo de alimentos processados e excesso de peso, apesar de também ter relação com o histórico familiar do paciente.

Apesar de existirem dois tipos da doença, o tipo 2 está relacionado a 90% dos casos diagnosticados segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD).

Papel da dieta low carb no controle glicêmico

De acordo com um trabalho publicado na revista científica Nutrición Hospitalaria, as dietas low carb são eficazes no controle glicêmico. O estudo aponta que as dietas com baixo teor de carboidratos dão bons resultados tanto nos valores glicêmicos basais quanto na hemoglobina glicosilada.

A dieta low carb deve ser considerada uma estratégia alimentar para prevenir ou mitigar os sintomas do diabetes. Nossas escolhas alimentares são determinantes para a nossa saúde.

Bia Nunes, nutricionista e criadora da Comida Boa

O trabalho publicado, que possui foco no tratamento de pacientes com o diabetes tipo 2, aponta também que os resultados da dieta low carb em nosso organismo tendem a melhorar a longo prazo (acima de um ano). Mais um motivo para manter o foco na dieta.

Veja também: Dieta low carb faz mal?

Dieta low carb diminui o peso corporal?

Ainda de acordo com a pesquisa publicada, dietas baixas em carboidratos são mais eficazes em diminuir o peso corporal quando comparadas com dietas de baixo nível de gordura.

As gorduras saudáveis são grandes aliadas da dieta low carb (já falamos sobre isso no post “Dieta low carb alimenta de verdade?“). São essas gorduras que ajudam a manter a sensação de saciedade por mais tempo. O consumo dessas gorduras retardam o esvaziamento gástrico e exigem um esforço maior para digestão, dando maior controle do apetite e da dieta.

Colesterol e doenças cardiovasculares

A dieta low carb também é indicada para o controle do colesterol e na prevenção de doenças cardiovasculares. Apesar de pouco relacionado, o diabetes está na lista de distúrbios que afetam o coração. Segundo pesquisa do Vigitel de 2017, apenas 42% dos entrevistados citou as doenças cardíacas como as consequências mais relevantes do diabetes.

Na esteira da pesquisa publicada na revista científica Nutrición Hospitalaria, há o apontamento de que as dietas baixas em carboidrato diminuem significativamente níveis de triglicérides (se você tem um alto nível de triglicérides no sangue o risco de uma doença cardíaca e outros problemas de saúde se desenvolverem são altos).

Entretanto, esse tipo de comportamento de diminuição de triglicérides não é regra e pode variar de pessoa para pessoa. Como sempre recomendamos aqui no blog Comida Boa, acompanhe os resultados com seu médico e nutricionista para assegurar uma dieta saudável.

Veja também: Comecei a low carb! E agora, como monto meu cardápio?

Considere, junto com seu nutricionista, a adoção da dieta low carb para prevenir ou mitigar os sintomas do diabetes. Adote também outros hábitos saudáveis, como exercícios físicos e diminuição (se possível, eliminação) do consumo de alimentos processados ou ultraprocessados.

Atenção: os resultados divulgados no blog Comida Boa podem variar de pessoa para pessoa. É imprescindível consultar seu médico ou nutricionista antes de iniciar uma dieta. Cuide bem da sua saúde!

Gostou? Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *