O que é Low Carb?

Diversos alimentos low carb, como vegetais, legumes, frutas e queijo

Você já deve ter ouvido falar na dieta low carb ou conhece alguém que segue a dieta. Também conhecida como dieta de baixa caloria ou dieta de restrição de carboidratos, a low carb conquistou muitos adeptos devido a seus benefícios e impactos na saúde.

Como funciona a dieta low carb

A dieta low carb restringe o consumo de carboidratos para trazer benefícios para seu corpo, como perda de peso e o controle de algumas doenças, como a diabetes, por exemplo.

Como o próprio nome diz, a dieta não elimina totalmente o consumo de carboidrato — não é zero, é pouco carboidrato. A quantidade de carboidrato que deve deixar de ser consumido varia de acordo com o metabolismo de cada um e o plano alimentar escolhido (vou falar mais sobre isso adiante). O objetivo é estimular o consumo de alimentos de baixo índice glicêmico, preferencialmente ingredientes naturais, e de melhor qualidade nutricional.

“A low carb é mais do que uma dieta: é uma estratégia nutricional para consumir alimentos mais saudáveis. Você pode consumir carboidrato em menor quantidade e de fontes mais saudáveis sem abrir mão de comer coisas gostosas.”

Bia Nunes, nutricionista e criadora da Comida Boa

Quando diminuímos o consumo de carboidrato, nosso corpo é estimulado a utilizar as reservas de energia e gordura para produzir energia. Além disso, os alimentos indicados para compor a dieta low carb são ricos em proteínas e gorduras boas que são absorvidas de forma mais lenta pelo corpo, prolongando a sensação de saciedade e diminuindo a aquela fomezinha entre as refeições.

Veja também: Alimentos permitidos na dieta low carb

Plano alimentar

Talvez você já tenha ouvido falar nas dietas low carb mais populares: Atkins, Dukan, mediterrânea, paleolítica e cetogênica. São todas planos alimentares para ajudar na sua reeducação alimentar.

Em geral, independente do plano alimentar com foco em restrição de carboidratos, todos eles têm o mesmo objetivo: alertar que a fonte do carboidrato tem impacto na sua saúde. É muito importante consultar um nutricionista para acompanhar este impacto para que o plano alimentar não leve você para um resultado indesejado.

Veja também: Dieta low carb faz mal?

O objetivo da sua dieta é cuidar da sua saúde a médio-longo prazo, o que elimina uma gama de alimentos que fazem mal à sua saúde: ultra processados, embutidos, gorduras hidrogenadas e ricos em sódio.

Planejamento

Toda dieta deve começar com um planejamento. Se você pretende adotar a low carb na sua vida, seguem algumas recomendações:

  • Antes de começar a dieta, verifique os alimentos que você tem em casa. É chato abrir a despensa e cair na tentação ao ver um alimento proibido;
  • Pense nos seus hábitos alimentares e, principalmente, nos hábitos de consumo. Você não precisa abrir mão da sobremesa depois do almoço ou da geleia no café da manhã se passar a consumir opções mais saudáveis;
  • Não coma a mesma coisa todos os dias! Amplie seu cardápio low carb. É difícil seguir uma dieta quando estamos cansados de comer a mesma coisa.

“Dieta não é sofrimento. Você não precisa abrir mão do sabor para ter uma vida mais saudável. Existem opções de comidas ricas em sabor, com pouquíssimo carboidrato e ricas em qualidades nutricionais.”
Edilson Nunes, chef de cozinha e co-criador da Comida Boa

Veja também: Comecei a low carb! E agora, como monto meu cardápio?

Low carb emagrece?

Esta é uma das perguntas mais frequentes sobre a dieta. O carboidrato é um nutriente que ajuda a determinar a presença de água em nossas células. Quando restringimos o consumo do nutriente, é natural que o líquido seja eliminado do nosso organismo.

O carboidrato também é fonte de energia para essas células e os alimentos podem apresentar o nutriente com alto ou baixo nível glicêmico. Ao ser ingerido, a glicose é absorvida pelas células para obter energia.

O problema é quando há excesso de glicose. Nosso corpo estoca a glicose que não foi absorvida em forma de gordura. Em dietas de alto nível glicêmico o corpo não dá conta de consumir toda a glicose, tampouco queimar o que foi estocado.

Como os alimentos permitidos pela dieta low carb promovem a sensação de saciedade por mais tempo você passa a ingerir menos carboidratos, dando tempo para seu corpo produzir hormônios que vão queimar o que foi estocado para obter a energia necessária.

Curiosidade
Tudo que sai da cozinha da Comida Boa não contém glúten nem açúcar (até a geleia!). Confira o cardápio completo.

Atenção: os resultados divulgados no blog Comida Boa podem variar de pessoa para pessoa. É imprescindível consultar seu médico ou nutricionista antes de iniciar uma dieta. Cuide bem da sua saúde!

Gostou? Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários!


Foto do autor

Max Denvir

Max Denvir é comunicólogo, pós-graduando em cultura alimentar e defensor da comida saudável. Como pesquisador, estuda o impacto cultural da alimentação saudável no Brasil e seus desdobramentos. Escreve mensalmente para o blog Comida Boa.

Tags: dieta, low carb, pouco carboidrato.

    • Oi, Marcele, que bom saber! Todo mês, postamos um novo texto sobre o estilo de vida low carb, sempre com informações relevantes 😉

    • Oi, Vanessa, tudo bem?
      A ABLC (Associação Brasileira de Low Carb) afirma que não há restrição para mulheres que estão amamentando de seguirem a dieta low carb.
      De qualquer forma, a melhor orientação vem do seu médico. Converse com ele sobre sua vontade de seguir a dieta enquanto amamenta 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *