Adeus trigo! Tchau glúten! Olá farinhas low carb

Conheça as farinhas low carb que garantem receitas gostosas e mais saudáveis

A alimentação low carb está fazendo uma revolução no jeito de comer. Ela tem questionado alguns comportamentos alimentares propondo sabor com qualidade nutricional. Quer um exemplo? Quando pensamos em fazer um bolo, já imaginamos duas xícaras de farinha de trigo. Dentro dessa inocente xícara vai muito glúten, carboidrato e quase nada de fibras. As receitas low carb oferecem opções mais inteligentes para receitas simples do cotidiano. Ao substituir o trigo por uma farinha coco, você garantirá o mesmo bolo, porém, com menor índice de carboidratos, sem glúten, rico em fibras e com um sabor especial.

Aqui no blog Comida Boa a gente preparou um ABC das farinhas low carb, veja abaixo várias opções que podem entrar na sua rotina de receitas de massas, pães e bolos e diga bye bye trigo!

Farinha de Amêndoa

Uma das mais populares atualmente quando o assunto é alimentação low carb, a farinha de amêndoas é isenta de glúten, além de ser fonte de fibras, vitamina E, e antioxidantes. Também apresenta gordura monoinsaturada e poli-insaturada. A farinha de amêndoas, ao mesmo tempo: tem sabor neutro, é versátil, e substitui perfeitamente a farinha de trigo (pode ser utilizada para substituir a farinha de trigo na proporção 1:1).

Informações nutricionais (porção de 15g):

  • 3g de proteínas
  • 8g de gordura
  • 3g de carboidratos líquidos

Farinha de Castanha de Caju

Sem glúten, rica em gordura mono e poli-insaturadas, previne a dislipidemia, diminuindo o LDL-colesterol. Além disso, também apresenta magnésio e zinco.

A farinha de castanha de caju é outra opção de farinha low-carb bem comum e não tão cara. Sendo que a sua maior desvantagem é o fato de ser composta por quase 30% de carboidratos líquidos.

Informações nutricionais (porção de 15g):

  • 2,7g de proteínas
  • 6,6g de gordura
  • 4,9g de carboidratos líquidos

Farinha de Coco

Bastante popular quando o assunto é alimentação low carb, a farinha de coco apresenta fibras, proteínas, carboidratos em pequena proporção, gordura monoinsaturada e saturada e é isenta de glúten. Tem sido cada vez mais fácil encontrá-la mesmo em grandes redes de supermercados. A farinha de coco é boa opção principalmente em substituição a farinha de trigo em bolos e tortas doces.

Informações nutricionais (porção de 15g):

  • 2,3g de proteínas
  • 4g de gordura
  • 1,4g de carboidratos líquidos

Farinha de Linhaça

A farinha feita a partir da linhaça marrom ou dourada é nutritiva, baixo índice de carboidrato, combate o intestino preso e é uma das mais baratas. Você encontra em supermercados processada ou pode comprar a linhaça e fazer em casa. Algumas pessoas tem resistência ao sabor um pouco amargo.

É melhor moer a linhaça na hora em que for usar sua farinha – tanto em termos nutricionais quanto para a conservação do sabor.

Informações nutricionais (porção de 15g):

  • 3g de proteínas
  • 5g de gordura
  • 1g de carboidratos líquidos

Farinha de Maracujá

Esta é uma boa opção de farinha low carb, mas, vale destacar: ela apresenta carboidrato, porém reduzido. É rica em fibras, principalmente a pectina. Atua no controle do colesterol e glicemia. Ela é uma opção interessante por ter a textura próxima a da farinha de trigo. É feita a partir da casca do maracujá desidratada, o que gera um fundo de sabor bem amargo. Nossa dica é misturar a outras farinhas e dar mais volume ao seu mix de farinhas low-carb.

Informações nutricionais (porção de 15g):

  • 1g de proteínas
  • 0g de gordura
  • 3,6g de carboidratos líquidos

Farinha de Nozes

A farinha de nozes é um prato cheio para os fãs dessa oleaginosa. Também é isenta de glúten e apresenta uma concentração baixa de carboidrato. Tem antioxidantes, vitamina E, e gorduras mono e poli-insaturadas. Por não liberar leite durante a preparação da farinha, o resultado final apresenta aroma e sabor bem marcantes.

Informações nutricionais (porção de 15g):

  • 2g de proteínas
  • 7g de gordura
  • 2,5g de carboidratos líquidos

Parece, mas não é!

Atenção para farinhas que parecem ser low carb, mas são desmascaradas pelo rótulo nutricional. Cuidado, pois elas podem impedir melhores resultados na sua dieta low carb. Ao se deparar com elas, corra para as montanhas!

  • Farinha de aveia (integral ou não)
  • Farinha de banana verde
  • Farelo de aveia
  • Farinha de grão de bico
  • Farinha de tapioca
    • Olá, Elisabete, tudo bem?
      Arroz não contém glúten, assim como a farinha de arroz.
      Porém, o arroz é um alimento de alto índice glicêmico, tem bastante carboidrato.
      Abraços, equipe Comida Boa 😉

  • Realmente essas farinhas fazem a diferença como melhorei com o inchaço da barriga por essas opções. Quero receitas.

  • Baseada nos comentários positivos e sentindo muita falta, comprei 4 pães low carb, mas infelizmente me decepcionei: são muito amargos! Acho que é a farinha de linhaça. Nâo daria para fazer algo assim fofinho, porém com um sabor melhor ou pelo menos mais neutro?
    As coxinhas também não agradaram muito; comprei 3 embalagens e me decepcionei com a textura.
    De tudo o que provei, gostei somente da fogazza e dos docinhos.
    Não consumo adoçantes artificiais, mas o bolo de banana vem com adoçante. Pena! Eu não tinha reparado nisso antes de encomendar.
    Agora só falta provar a quiche. Estou torcendo para ser gostosa!

    • Olá, Silvia, tudo bem?
      Acostumar-se com a alimentação de baixo índice glicêmico e sem glúten é mesmo um hábito que leva tempo.
      A farinha de linhaça, embora usada em pequena quantidade, tem um gosto bastante característico e marca o sabor dos pães e da coxinha.
      Recomendamos o pão de leite que, apesar de ter um pouco mais de carboidrato, é bastante saboroso. O pão de leite não tem farinha de linhaça.
      Todos os nossos bolos são adoçados com xilitol, um adoçante natural, não usamos adoçantes artificiais.
      Estamos na torcida para você gostar da quiche! Temos duas tortas deliciosas, feitas a base de purê de couve-flor e não contêm farinha de linhaça. Pode ser que você goste 😉
      Um abraço, Ana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *